Em busca do ouro: o programa Golden Visa de Portugal atinge € 4,9 bilhões

27 Janeiro

Oficialmente chamado de "ARI" ("Autorização de Residência para Atividade de Investimento"), o programa Golden Visa de Portugal tornou-se um dos programas de residência mais populares da Europa para investidores internacionais que procuram garantir o seu futuro na UE. Oferecendo facilidade para viajar dentro do espaço Schengen e muitos outros benefícios, tudo sem a necessidade de realocação, é fácil ver por que 7.107 pessoas solicitaram o seu Golden Visa português desde a sua implementação em 2012.

Existem várias formas de obter um Golden Visa, embora o método mais comum seja investindo € 500.000 ou mais em imóveis em Portugal. Segundo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), em dezembro de 2019, € 4,99 bilhões foram investidos em imóveis através do programa Golden Visa desde o lançamento em outubro de 2012 e 8.207 pessoas obtiveram um Golden Visa até agora.

O programa está aberto a quem não é cidadão português, da UE ou da EFTA. Ao fazer um investimento imobiliário qualificado em Portugal, os indivíduos e seus familiares imediatos podem obter residência e poderão solicitar um passaporte português e residência europeia após cinco anos.

O que torna o visto de ouro português tão atraente?

Oferecendo uma infinidade de benefícios para os candidatos e suas famílias, incluindo viagens gratuitas instantâneas pelos 27 países de Schengen, não é surpresa que o programa tenha se tornado tão popular. Os investidores chineses continuam a ser os principais candidatos ao Golden Visa português, seguidos por investidores do Brasil, Turquia, África do Sul e Rússia.

Um dos destaques deste programa é que apenas é necessária uma inscrição para o investidor e sua família direta. Além disso, ao contrário de outros programas, não há necessidade de realocação. Enquanto mantêm o seu investimento imobiliário por um período mínimo de cinco anos, os requerentes só precisam ficar em Portugal por sete dias por ano até solicitar a cidadania completa ou residência.

Leia o nosso guia completo do programa Golden Visa Português aqui.

Por que agora é a hora de investir: IMT aumenta 2020

O novo ano está trazendo algumas mudanças no mercado imobiliário português. O imposto sobre transferências de imóveis, IMT, passará de 6% para 7,5%. Esta nova mudança afetará apenas propriedades residenciais superiores a € 1 milhão e deverá ser introduzida este ano juntamente com a nova Lei do Orçamento do Estado. Não se espera que tal aconteça antes de 1º de março, tornando este um ótimo momento para investimento imobiliário em Lisboa, com a possibilidade de ainda aproveitar o menor IMT.

Descubra aqui as nossas propriedades à venda em Lisboa.

Apesar dos aumentos de impostos, o mercado imobiliário português continua bastante forte, com os preços dos imóveis aumentando 15% em 2019.

- Added to shortlist

- Removed from the shortlist

Undo