Barcelona

Situada à beira do oceano, esta cidade litorânea ensolarada é considerada a segunda capital da Espanha. Um lugar de muitas faces, ela dança entre o forte tradicionalismo e uma nova onda de criativos empresários que, combinado com o recente fluxo de inovadores globais, estão mudando a cidade. Pergunte a cada um o que eles amam em Barcelona, e a resposta será a mesma – sua cultura de estilo de vida excepcional. Em nenhum outro lugar você pode bebericar cervejas especiais em um festival de cervejas artesanais no descontraído polo familiar de Poblenou, dar uma rápida passada em um local de SUP na hora do almoço, e depois desfilar pelas ruas em um dos muitos festivais culturais antes de degustar tapas premiadas com estrelas Michelin à meia-noite. Nos últimos anos, Barcelona começou a se livrar de suas raízes boho para se sofisticar. Este processo foi impulsionado pela cena gastronômica gourmet, considerada uma das melhores do mundo, combinada com a abertura de uma nova leva de hotéis modernos e clubes privados, como a Soho House, o One Ocean Club e a Casa Bonay.

Para os boêmios e moradores de longa data da cidade, esta evolução teve um custo: embora a vida aqui ainda continue a custar metade do que se gasta em Londres, o preço dos aluguéis aumentou 11% no último ano, e continuará a aumentar. Do ponto de vista imobiliário, a demanda estrangeira de empresários de médio e alto rendimento e nômades globais continua a crescer, juntamente com investidores residentes fora da EU atraídos pelo programa de Golden Visa da Espanha. A cidade também continua a conquistar estudantes internacionais e suas famílias, que são atraídos pelas inúmeras escolas e universidades excelentes. Há tanta diversão em Barcelona, tanta cultura para absorver, que o turismo da cidade continua a crescer rapidamente. Enquanto a maioria dos governos municipais discute como aumentar o número de turistas, aqui o desafio é como administrá-los, com o número subindo para 44 milhões apenas em 2016, para uma população de 1,6 milhão.

No entanto, por mais chique que seja a cidade, ela está fundamentalmente enraizada em um forte senso de comunidade, combinado com um orgulho perseverante da cultura catalã. Cada bairro parece uma vila em si, onde personagens locais e moradores de todas as idades se encontram diariamente em pequenas e grandes praças, e quase sempre há algo para se comemorar. Passeie pelas ruas, e o que percebe-se em abundância é um patrimônio cultural vibrante que é refletido nas fachadas medievais e na arquitetura eclética e enigmática de Gaudi, em curvas modernistas e museus reverenciados que honram os mestres locais, de Picasso a Miró.

Enquanto os amantes da natureza adoram a proximidade da cidade com praias de classe mundial e terrenos montanhosos selvagens, onde você pode passar a manhã fazendo trilhas ou praticando mountain bike, antes de tomar alguns drinques à beira mar, ela é também uma meca para os gourmets. Agora, com mais de 20 restaurantes com estrelas Michelin, o padrão geral é reconhecidamente alto, ajudado pelos chefs locais geniais, como os irmãos Adría, do famoso El Bulli, e pela abundância de produtos locais espetaculares. Os chefs vêm agora de todo o mundo para treinar com os mestres de Barcelona e encontrar inspiração. Dirija pela Costa Brava até a França, e explore as cidades litorâneas do Mediterrâneo, como Cadaques, onde Picasso e Salvador Dalí buscaram inspiração.

Aqui em Barcelona, a vida após o escurecer é tão importante quanto durante o dia, com as siestas que garantem que os locais consigam o vigor necessário para ir a restaurantes de tapas premiados, a clubes de salsa super descolados, a shows de música ao vivo, e terminar em bares abertos até tarde da noite. Durante os meses de verão, há inúmeros eventos musicais de classe mundial, desde o Sonar e o Off-Sonar, até o Primavera e o Cap Roig na Costa Brava. Por trás de tudo isso à um arraigado toque de irreverência, um amor pelo eclético e pelo avant-garde, que se transformou em um senso de estilo único e em uma independência que colocou a cidade em evidência.

Visão dos experts

Em Barcelona, a tendência imobiliária crescente é para projetos reformados que mantém as características e fachadas originais, combinado com encanamento, sistema elétrico e aparelhos de última geração. E, áreas como Eixample, Gràcia e El Gòtic, esses imóveis são tão procurados que sua valorização pode chegar a até 20% ainda durante o processo de construção.

O mercado de propriedades em Barcelona

Nos últimos anos, o mercado imobiliário de Barcelona se transformou em um dos mais movimentados da Europa, conforme compradores locais e estrangeiros deram-se conta das oportunidades oferecidas em uma das cidades mais atraentes da Europa. Em 2016, os preços subiram em média 14,36%, com bairros como o luxuoso Eixample atingindo quase 20%, e o número de transações anuais no mercado de venda de imóveis de Barcelona aumentando 26,7%. Apesar de não ser um salto pequeno, os preços continuam aproximadamente 3,5 vezes mais baratos que em Londres e permanecem cerca de 20 a 30% abaixo do pico de 2007. Este é um momento especialmente atraente para os investidores, graças às baixas taxas de hipoteca históricas, atreladas à Euribor, que chegou ao 12º mês consecutivo em baixa.

Há alguns fatores a serem considerados quando se olha para o futuro do mercado imobiliário de Barcelona.

  • A economia da Espanha cresceu 3,2% em 2016, e a previsão é que continuará a crescer, com a ajuda do mercado imobiliário.
  • A cidade está indo além de suas raízes boêmias e se transformando em um destino de estilo de vida mais sofisticado, como demonstrado pela recente abertura de influenciadores de tendências globais, como a Soho House.
  • Com uma vasta seleção de escolas internacionais e universidades excelentes, Barcelona está se tornando o local ideal para famílias que buscam uma melhor qualidade de vida para seus filhos (colocar link para a seção sobre escolas do Guia de Compras)
  • O mercado de turismo está mudando sua visão sobre Barcelona, de um local de férias boêmio, considerado como um lugar de destino para fins de semana regados à álcool sob o sol, para um destino de luxo com uma cena gourmet de classe mundial e praias maravilhosas.
  • O Golden Visa da Espanha continua a provar-se muito atraente para investidores estrangeiros que buscam residência europeia, em especial para compradores latino-americanos que podem se beneficiar de um processo acelerado de 2 anos para a obtenção da cidadania, (leia mais), embora o interesse da China e do Oriente Médio permaneça forte e consistente.
  • As opções de imóveis são limitadas: com a cidade geograficamente cercada por rios, pelo oceano e pelas montanhas em todos os lados, há pouco espaço sobrando para expandir, e consequentemente, a demanda por imóveis de alta qualidade em Barcelona deve continuar crescendo.
  • A área que mais cresceu em 2016, foi a de imóveis de médio porte, com preços entre € 450.000 e € 900.000. De todos os imóveis, as construções novas são as mais procuradas, com investidores valorizando a importância que a reforma da estrutura de um edifício pode ter para seu sucesso e para o retorno sobre o investimento a longo prazo. Esta tendência deve crescer à medida que a demanda por imóveis restaurados de alta qualidade em locais privilegiados ultrapassar a oferta.

Como chegar lá

Pela estrada

Barcelona tem um extenso sistema de metrô, táxis em abundância que são relativamente baratos, e inúmeros ônibus, além de uma conveniente rede de bicicletas e de bondes.

Por trilhos

Um dos principais terminais de transporte da Espanha, a estação Barcelona-Sants oferece diversas conexões nacionais e internacionais, com destinos populares, incluindo Paris, Madri, Bilbao e Sevilha.

Pelo ar

O principal aeroporto de Barcelona é o El Prat, que está localizado em direção ao rio Llobregat (ao sul). De lá, há diversos meios baratos de se chegar ao centro de Barcelona, seja de táxi (€ 50) trem (€ 4,10 – com partidas a cada meia hora, a viagem leva 20 minutos), ou ônibus para a Plaça Catalunya (€ 5, a viagem leva 30 minutos). Desde fevereiro de 2016, há também uma linha de metrô chamada L9 Sud, que conecta ambos os terminais à cidade. O El Prat possui um grande número de linhas aéreas e é um centro ideal para a conexão com as cidades europeias, Estados Unidos, América do Sul, Rússia e China. Em 2017, o El Prat deve expandir suas rotas internacionais, o que demonstra a demanda crescente de uma nova onda e residentes estrangeiros e do turismo crescente.

Clima

Primavera / Verão

Os meses mais quentes são julho e agosto, quando as temperaturas podem ultrapassar os 30 graus. Os meses de transição, como abril e outubro, oferecem lindos dias ensolarados, limpos e frescos. Se ficar muito quente, o oceano fica a poucos minutos de distância.

Outono / Inverno

Os invernos são amenos e ensolarados, com temperaturas médias de 10 graus Celsius durante o dia e 5 graus à noite.

- Added to shortlist

- Removed from the shortlist

Undo