Rio de Janeiro

A "Cidade Maravilhosa" dispensa apresentações e representa o Brasil, como nenhuma outra. A cidade que é berço do Samba e da Bossa Nova encanta viajantes ao longo dos séculos pela mistura étnico-cultural, pela mescla arquitetônica entre períodos que vão do colonial ao contemporâneo, que mixa cores e sabores e em cuja topografia se fundem o azul do mar e o verde das montanhas.

Essa miríade de fatores originou um estilo de vida único, de elegância despojada no melhor espírito hi-lo. Ao lado das paisagens deslumbrantes, é este estilo que seduz pessoas de todo o mundo que buscam por algo novo, vibrante. Esse lifestyle leve e alegre que se traduz nas artes e no design local, na musicalidade diversa, no carnaval, na irreverência e no vai-e-vem dos corpos bronzeados à beira mar. À noite a cidade também é cheia de vida, com opções gastronômicas e boêmias bastante diversas, para todas as tribos e gostos.

Para além da diversão, a cidade é plena em oportunidades de negócios, abriga o segundo maior parque industrial desse país gigantesco, sua principal rede de TV, importante pólo de moda e design e também é sede principal da indústria de óleo e gás do Brasil.

 

Como chegar lá

Pelo ar

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, também conhecido por Aeroporto do Galeão (GIG), localizado na Ilha do Governador é o principal aeroporto da cidade. Todas as principais companhias aéreas do mundo operam vôos regulares para o aeroporto e a partir dele. O aeroporto é acessado por sistemas de BRT e ônibus, mas o serviços de aplicativos de transporte individual, como Uber e 99 Táxis, são a melhor maneira para chegar ou sair do aeroporto. Há um segundo aeroporto, o Santos Dumont (SDU), que opera vôos nacionais, se comunicando com os principais hubs de aviação civil do país.

Por barco

O Pier Mauá, terminal de passageiros do porto do Rio de Janeiro, está na rota de mais de 150 navios cruzeiros, anualmente. Em 2018, quase meio milhão de pessoas chegaram à cidade à bordo desses transatlânticos com todo charme e conforto.

Clima

Primavera / Verão

De setembro a dezembro o Rio encanta a todos com sua belíssima primavera, a temperatura e as chuvas voltam a subir, mas de forma moderada. É uma das melhores estações para visitar a cidade, menos lotada de turistas e com opções mais confortáveis do que na alta temporada. O verão começa no fim de dezembro e acaba no início de março. Os dias são quentes e úmidos e as temperaturas podem chegar aos 40°C com sensação térmica superior. Devido à umidade, é comum chover no final da tarde, mas sem atrapalhar a praia.

Outono / Inverno

O outono vai de março a junho, e os dias costumam ser lindos, ensolarados e agradáveis, com temperaturas em torno dos 23°C. Os pontos turísticos ficam mais vazios e quase não faz calor, além de ser estação seca, com pouca probabilidade de chuva. É a melhor estação do Rio. Já o inverno vai de junho à setembro, com temperaturas mínimas médias de 21°C e máximas de 25°C, um inverno bem ameno. Menos dias ensolarados e mais dias nublados, menos indicado para ir à praia, mas muito bons para visitar os corredores culturais.

- Added to shortlist

- Removed from the shortlist

Undo