Gràcia

O vibrante bairro boho-chic de Gràcia está localizado acima de Eixample e existia originalmente como uma vila independente antes de ser anexado pelo governo de Barcelona em 1897. Embora seja agora central o suficiente para que se caminhe até o centro de Barcelona em 20 minutos (passando pelas lojas elegantes de Passeig de Gracia), mantém um ar de comunidade de vila bastante unida. Pergunte a um local, e ele com certeza responderá que vive em Gràcia e não em Barcelona.  E há mesmo muito do que se orgulhar. Este pequeno bairro encantador parece encontrar o equilíbrio perfeito entre restaurantes internacionais altamente conceituados e lojas de alimentos orgânicos, modernas boutiques e creches visionárias, espaços bacanas de co-working e mercearias locais. Nos últimos anos, tornou-se um polo de lojas chiques que apresentam peças artesanais de designers locais.

Se é uma vida em comunidade que você está procurando, Gràcia é o lugar certo. Pare na Plaça Sol em uma tarde ensolarada e você a encontrará repleta de atividades: alguém estará dedilhando um violão enquanto casais mais velhos bebem um vermute (o aperitivo local eternamente popular de Barcelona) em mesas banhadas de sol e famílias passeiam até as lojas balançando suas cestas feitas de folhas de palmeira. Em agosto, o espírito animado do bairro atinge seu ápice durante a Festa Mayor, a festa de rua anual, onde as ruas competem entre si para ver quem faz a decoração ecológica mais criativa e fiel ao ethos do bairro. As festas que varam a noite e as mesas postas nas calçadas repletas de pães caseiros dos moradores são lendárias.

Além de ser algo como um segredo local – a localização um pouco fora do centro de Gràcia significa que o bairro ainda não foi descoberto pelas hordas de turistas – e também possui seus próprios segredos. O primeiro é o Parque de Collserola, um bosque de 8.000 hectares situado na extremidade ocidental, que é apelidado de “o pulmão verde” de Barcelona. Um playground para que os praticantes de caminhada e mountain bike garantam sua dose de endorfina sem ter que sair da cidade, o parque é uma espécie de reduto gastronômico, onde antigas quintas conhecidas como masías, localizadas na floresta, preparam banquetes sazonais durante toda a semana – o restaurante Can Borell é um dos favoritos. O segundo segredo nem tão secreto de Gràcia, é o Parque Guell. Considerado patrimônio mundial pela Unesco, o parque é uma obra-prima de Gaudi que personifica o estilo vibrante e criativo de Gràcia. Combinando uma bela vista da cidade com inúmeros detalhes de design peculiares, é o local perfeito para se passear, fazer um piquenique e passar uma tarde ouvindo músicos e artistas improvisados.

Facilmente acessível, Gràcia é bem servido por uma estação de trem, bem como pelas estações de metrô de Fontana, Lesseps, e Joanic, que pode transportar passageiros diretamente para as praias da cidade em cerca de 20 minutos.

- Added to shortlist

- Removed from the shortlist

Undo