LISBOAEntrevista: Por que agora é a hora de investir em Lisboa?

Nascida e criada no badalado suburbio de Cascais, Carlota Lancastre representa a Athena em Lisboa. Nossa concierge, Carlota usa a sua experiência local para desvendar os segredos da cidade, ajudando os clientes com tudo, desde assegurar o investimento mais adequado a escolher o melhor rooftop bar para assistir ao lendário pôr do sol de Lisboa.

LISBOA

Entrevista: Por que agora é a hora de investir em Lisboa?

Nascida e criada no badalado suburbio de Cascais, Carlota Lancastre representa a Athena em Lisboa. Nossa concierge, Carlota usa a sua experiência local para desvendar os segredos da cidade, ajudando os clientes com tudo, desde assegurar o investimento mais adequado a escolher o melhor rooftop bar para assistir ao lendário pôr do sol de Lisboa.

AA: Em que sentido é que Lisboa tem evoluído recentemente?

CL: Lisboa sempre foi uma cidade encantadora com grandes arquiteturas, Colinas í íngremes, praias escondidas e uma luz mágica. Mas durante a crise financeira o mercado imobiliário ascendeu muito. Após quatro anos de medidas de austeridade drásticas e mais recentemente, múltiplos programas que propiciam o investimento estrangeiro direto, o pais está a entrar nos eixos, com o capital a liderar o caminho. O turismo aumentou; representa agora 15% do nosso PIB e com restrições reduzidas em propriedade estrangeira, baixos custos de transação e a atração do Golden Visa, o mercado imobiliário da cidade está a erguer a cabeça.

Lisboa está a tornar-se numa cidade metropolitana dinâmica, cheia de novas modas e startups de tecnologia entusiasmantes. Edifícios antigos estão a ser restaurados e bairros tradicionais estão a ser renovados. É também uma das capitais da Europa Ocidental onde o custo de vida é mais reduzido, no entanto, oferece uma qualidade de vida fantástica, combinando comida incrível, hospitalidade espantosa, surf e sol, com uma história rica e romântica.

AA: Lisboa é o sítio perfeito para:

•    Domingos de manhã – Banquete no célebre brunch no Hotel Four Seasons, ou ir passear para o paredão de Belém e adocicar o paladar na fábrica dos Pasteis de Belém.

•    Escapadelas de fim-de-semana – A poucas horas de Lisboa encontra-se Troia, uma praia estreita com kilometros de comprimento, um dos pequenos paraísos que Portugal guarda no seu cofre de segredos. Trata-se de uma antiga aldeia de pescadores cheia de personalidade.

•    Jantar – Restaurate 100 Maneiras, um pequeno espaço contemporâneo que serve menus de degustação com 10 pratos criativos e sazonais portugueses.

AA: Como é que ajuda as pessoas a compreender Lisboa?
CL: Eu adoro ajudar pessoas a conhecerem a minha cidade, levá-las a experimentar a verdadeira Lisboa através de experiências que traduzem o ritmo da cidade: comer sardinhas no coração de Alfama, visitar Cascais que costumava ser uma vila de pescadores ou visitar o mercado da Ribeira, explicar e mostrar o que é a Feira da Golegã. Também adoro levar clientes a um restaurante de fado autentico – este programa tem uma reputação de tradicional e sobretudo triste, mas pode ser extremamente divertido quando se conhece os sítios certos.

Carlota’s Black-Book 

  • Topo: Este rooftop bar super legal na praça de Martim Moniz no bairro da Mouraria emergente é o local perfeito para beber um copo a seguir ao trabalho enquanto os seus olhos contemplam as vistas sobre o Catelo e são Jorge.
    Centro Comercial Martim Moniz, 6º Andar, Praça Martim Moniz, Lisboa.
  • Mercado da Ribeira: Originalmente um Mercado de peixe, a Time Out ganhou a permissão para transformar o espaço num recreio de pequenos restaurantes, incluindo algumas das lojas de produtos alimentares mais conhecidas de Lisboa.
    Av. 24 de Julho 50, Portugal
  • Comporta: Uma hora a Sul de Lisboa e não muito longe do nosso conhecido Algarve, as praias sem fim e a mistura do estilo rústico e chique atraiem para a Comporta multidões elegantes. Peça uma caipiroska de amora da Ilha do arroz e tem o momento assegurado.
  • Sacramento: Aconchegado dentro da Baixa-Chiado, Sacramento Bar é uma amostra cintilante da gastronomia de Lisboa.  O seu cardápio requintado e contemporâneo celebra a cozinha e os vinhos de Portugal.
    Calçada do Sacramento, 40 a 46, Chiado, Lisboa.
  • Lost In Esplanada Bar: Com uma vista sobre a cidade excepcional, o bar “LOSTin” tem dois terraços de estilo indiano. O lugar ideal para aproveitar o estilo de vida lisboeta ao ar livre com um copo na mão e umas tapas.
    Rua D.Pedro, No 56, Bairro Alto, Lisbon
  • Chiado: Esta parte elegante da cidade, sentada numa colina, é uma das minhas preferidas. O trabalho de restauração após o devastador incêndio de 1988, fizeram do Chiado um dos pontos mais refinados e sofisticados da cidade, com excelentes opções de compras e de restaurantes.